Músicas do Gramofone: Ma Cherie

“As outras bandas passarão, a hidrocor passarinho”

Zanzando pelos meandros da internet, eis que tropeço em um som daqueles que te fisgam, sem perguntar se você quer ou não ouvi-lo! A banda chama-se hidrocor, assim em caixa baixa mesmo, sendo na verdade uma dupla, com algumas participações esporádicas de alguns amigos, e que em seu som, se auto define como “uma mistura de power pop com folk”, sendo que a música que me chamou a atenção foi “Ma Cherie”O clipe se destaca pela qualidade e elaboração, mas a música, em si, conquista pela simplicidade. 

Sem muito rodeio, vamos ao que interessa, com vocês o som da hidrocor:

Ma Cherie

Todo mundo quer… fazer música em francês
Pra que? Se a gente vive no Brasil,
e ela pensa em mim em português… já viu!
Isso deve ser coisa dessa nova MPB.
Coisa que vimos na televisão,
coisa que é boa pra você, “preu” não!

É tão difícil conquistar com essa chuva de clichês
eu acho que clichê, em si, deve ter origem no francês

Então Ma Cherie,
eu gosto quando Ma Cherie pra mim
De tudo que ela ouvir, Cherie,
eu gosto quando Ma Cherie pra mim

E o que atrapalha é…
ter toda essa pretensão
de querer ser super legal
De querer ser um croissant
quando você é um pão de sal

Então Ma Cherie,
eu gosto quando Ma Cherie pra mim
De tudo que ela ouvir, Cherie,
eu gosto quando Ma Cherie pra mim

Se quiser saber mais sobre a banda, acesse o site oficial http://bandahidrocor.com.br/ e acesse o canal da banda no Youtube http://www.youtube.com/tvhidrocor

E então, o que achou? Participe, dando opiniões,  sugestões e espalhando as novidades ecoadas aqui, para os seus amigos e conhecidos.

E você, o que tem ouvido por aí?

Você também pode gostar de ouvir:

Chistina Perri | Ingrid Michaelson | She & Him

Hidrocor

Se eu te dei, meu amor,

eu não sei, quem eu sou.

Como pode, ter esquecido?

Não me acorde, meu sentido!

Se eu te achei, meu ardor,

eu não hei de ser se for.

Como pode ter me perdido?

Meus acordes sustenidos!

Fingidos, gemidos, tingidos de hidrocor.

 

Você também pode gostar de ler:

Desuso | Verbo Você | Flor da Noite