Palavras Opostas


E mais uma vez
Me peguei pensando em você…
Pensando nas promessas de amor
Que hoje já não possuem valor…
Das vezes que compartilhei com você
Meus momentos de alegria e de dor…
Das lágrimas que alguém disse
Que você derramou por mim…
Do arrependimento que eu sinto
Por não ter feito nada vendo o fim…
Das palavras carinhosas
Que hoje são só palavras…
Palavras insignificantes…
Que antigamente arrepiavam-me
A espinha das costas…
E que hoje dói dizer
Que são palavras opostas.

 

Você também pode gostar de ler:

Tão Não Bate | Quase Cheio

2 pensamentos sobre “Palavras Opostas

  1. Talita Maciel disse:

    Oii, nossa achei um máximo ver um poema meu em outro blog e ainda com autoria!
    É que já fui plagiada por pessoas na maior cara de pau e fico feliz que você tenha gostado e postado no seu blog (:
    Obrigada, é importante para a carreira que eu quero construir.
    Abraço!

    • Oi Talita, nós do Gramofone sempre que gostamos de alguma poesia ou comentário, o reproduzimos aqui, mas sempre com o devido crédito! Obrigado pela visita e volte sempre que quiser!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s