Intensa Mente


Intensidade, mundo de vários lugares,
é reflexo que borbulha o sussurro.
Inventividade, morro de tantos estares,
é o nexo que mergulha no escuro.
Balanço do meio, vazio ou cheio
em parte bem mais que qualquer inteiro
Enlaço em teu seio, sorrio e vareio
a metade me faz perder qualquer paradeiro
Balanço do céu, do sol, do preto, do vermelho,
de todas as cores, flores e o que mais puder amar.
Lágrimas que borram um lenço, e todo o resto que penso,
de todas as dores, amores e o que mais souber rimar.
No vento, um veneno, vivendo além do batom
Um ferrão de abelha, pancada na orelha, pode até ser bom
Ser e não ser, saber, entender, essa vida de quem pensa
Posso até não ter sentido,  mas escolhi ser intensa.

 

 

Você também pode gostar de ler:

Verbo Você Amor Zumbi | Origamis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s