Cantiga de Dar Tchau: Novo Clipe da Banda Mais Bonita é Lançado!

Há poucas horas a Banda Mais Bonita da Cidade lançou o primeiro clipe do novo álbum. A música escolhida foi “Cantiga de Dar Tchau”,  composição de Troy Rossilho e Luís Felipe Leprevost. Uma das músicas com uma das letras menores que eu já vi, mas carregada de sentido e sentimento, em uma das mais belas interpretações de Uyara Torrente. O Video já recebeu mais de 3 mil visualizações e tem tudo pra ser um novo sucesso desse grupo que se notabilizou com “Oração”. Pra quem não conhece, leia essa matéria feita por esse blog há mais ou menos um mês atrás. Chega de enrolação e vamos ao que interessa, aumente o som e se deixe levar pelos acordes dessa bela canção:

Canção de Dar Tchau (Elevador)

Composição: Troy Rossilho e Luís Felipe Leprevost

Horror, amor
Te ver partir no elevador
Eleva a dor, neva
Mas vê se não congela, por favor
Trevas ângelas de Tom Jobim
Trevos de quatro folhas
Mal me quer, mas me quer assim

E aí, o que achou? Comente, participe e compartilhe!

 

Você pode gostar também de ouvir:

Alice A Balada da Contramão | Maricel Ioris

A perfeição de Maricel Ioris

E ontem depois de ouvir muita coisa, alguns sons interessantes, outros apenas meros ruídos, me deparei com a maravilhosa e cativante voz de uma curitibana, que realmente me encantou! O nome dela é Maricel Ioris, ex-vocalista de uma banda de rock chamada Lunnes, e  dona de uma qualidade vocal absurda, possue em seu repertório, composições próprias, cheias de musicalidade, de sentido e de vida! Quem ouve pela primeira vez, tem aquela sensação de algo familiar, mas ao mesmo tempo aquele frescor de algo novo, de algo realmente interessante! Vinda da efervescência pujante, que tem revelado talentos tão únicos, quanto autênticos, da cena independente de Curitiba, Maricel Ioris é ao mesmo tempo delicada e intensa, tendo como marca o sentimento entrelaçado a cada acorde de suas maravilhosas composições. Seus versos são vivos, autênticos e simples, chamando a atenção de quem tem o prazer de escutar suas canções. Seu primeiro álbum lançado em 2010, de forma totalmente independente, chama-se “Princípios” e demonstra em cada música, que o talento dessa moça é tão grandioso, tão espetacular, que transborda por todos os cantos.  “Perfeita pra Você”, a primeira música que se ouve no Myspace, é qualquer coisa de divino! “Nada Mais” é tão gostosa, faz tão bem aos ouvidos, que é algo realmente especial! “Menina” é tão autoral, e tão carregada de sentido e sentimento que emociona do início ao fim! O que pode-se dizer sobre Maricel, é que sem dúvida alguma, ao conhecer seu som você não consegue mais parar de ouvir e cantarolar seus versos, sendo uma das melhores coisas que eu já ouvi!

Pra que você possa se deliciar com as suas canções, separei alguns videos interessantes, sendo que a qualidade dos mesmos não é muito boa, mas mesmo assim, dá pra notar a qualidade das músicas e da voz dessa cantora tão especial:

Em primeiro lugar, com certeza, a música e letra, que me fizeram parar e ouvir o restante das maravilhosas canções dessa cantora, a especial e perfeita: “Perfeita pra Você”

Perfeita pra Você

Eu sou a soma de tudo que eu tenho
E de tudo que me falta
Sou o resultado das coisas que eu vi do mundo
E do que eu não aprendi ainda

Mas o que eu venho dizer
Mas o que eu venho explicar
É que eu sou igual a você

Sou carente, fluída, nem sempre coerente
Às vezes perdida, mocinha, bandida
Quase sempre sincera

Venha me viver
Venha me viver
Eu fui feita pra você
Sou perfeita pra você

Eu sou a soma de tudo que eu tenho
E de tudo que me falta
Sou o resultado das coisas que eu vi do mundo
E do que eu ainda não aprendi

Mas o que eu venho dizer
Mas o que eu venho explicar
É que eu sou igual a você

Sou carente, fluída, nem sempre coerente
Às vezes perdida, mocinha, bandida
Quase sempre sincera

Sou um mix do passado, presente, futuro
Um pedaço do bem e do mal misturados
Eu sou o seu mundo

Venha me viver
Venha me viver
Eu fui feita pra você
Sou perfeita pra você

Esse video, por curiosidade, é da música “Uera”,  gravado quando Maricel ainda estava na Lunnes:

Nesse outro, temos um video dela contando a sua história e cantando uma das suas músicas mais lindas “Minha Filha”:

Aqui ouvimos a música que dá título ao álbum chamada “Princípios”:

E nesse video, feito por um fã, ouvimos “Motivos”:

E aí, nesse dia de Natal um belo presente, não acham? Se gostou, compartilhe com os amigos, conhecidos e ajude a divulgar esse talento tão especial!

Leia  também esse artigo com uma entrevista com a cantora: Geração Supernovas

Até a próxima!


 

Você pode gostar também de ouvir:

Cabeça de Disco | She & Him | Lana Del Rey

Crianças de Ontem, Crianças de Hoje

Por Isabella Bossi Fedrigotti, jornalista e escritora

O som metálico do sino era o sinal que menino Jesus tinha acabado seus trabalhos e nós crianças podíamos entrar – a noite de véspera – no salão iluminado somente uma grande árvore coberta de velas que difundiam um cheiro de cera misturado a pinho queimado. Para mim, será sempre o cheiro de Natal. Os presentes eram quase secundários em comparação à atmosfera de encanto e mistério que nos eletrizava e um pouco também nos assustava. Por isso, nós irmão tínhamos as mãos dadas, hesitantes sobre o batente da porta, deslumbrados com a vista da árvore decorada com fios de prata. Com a forte lembrança destas sensações, procurei criar o mesmo Natal a meus filhos, na mesma casa – dos avós – onde eu havia vivido. Ma talvez porque eu não havia a sabedoria  dos meus pais o talvez porque meus filhos eram diferentes de como eramos nós, não funcionou, não de verdade. Depois de pouquíssimas vésperas que deram certo, aconteceu que, por causa de um mexer de pacotes por parte de uma tia, sabe-se lá como intercedido pelas crianças, um deles vem até mim com o rosto fechado e diz: “Agora eu entendi porque os presentes dos primos são sempre mais legais que os nossos!”.

Retirado do Blog Viva Toscana

E esse fim de semana?

E esse fim de semana?

Qual?

Esse, agora! O que vai fazer?

Eu? Não sei! Por que tenho que fazer alguma coisa?

Ué! Mas amanhã é Natal!

Nossa! É mesmo né! E o que tem isso?

Não sei! Ando tão decepcionado com essas coisas de fim de ano!

É, eu também! Depois que descobri as reais intensões dessas comemorações!

É? E quais seriam?

Já reparou que esses dias as pessoas são praticamente empurradas a comprar?

Sim, não tinha pensado nisso!

Pois, então! A massificação das mentes quase te obriga a pensar como os outros e agir do mesmo modo!

Nossa, é verdade! Ontem mesmo comprei uma árvore de natal pra levar pra casa. O estranho é que nunca havia feito isso, não sei por que me deu vontade!

Não sabe por que? É o bombardeio da mídia, que te direciona a achar que precisa de coisas, que realmente não precisa!

Então, você quer dizer que o Natal é apenas uma festa do consumismo?

Não é isso, apenas! É algo mais velho do que qualquer um possa imaginar! Os antigos comemoravam as colheitas e rendiam louvores ao sol.

Vem cá? Você é ateu?

Não, por que?

Ah! Pensei que fosse, por suas ideias!

Minhas ideias? Francamente, não são ideias minhas, são a verdade!

Você sabe que a verdade é relativa, não é mesmo?

A verdade pode ser relativa, mas o que te disse sobre o Natal não é, não!

Como tem certeza?

Sabe, por que tenho certeza? Por que uma vez me contaram que existia um velhinho bondoso que distribuía brinquedos às crianças boazinhas, e depois de um tempo, descobri que, estranhamente, apenas as que os pais tinham dinheiro recebiam a visita daquele senhor. Aos poucos fui olhando para o lado e via que não tinha nada daquilo que eu via na TV. Neve? Rena? O que eu via mesmo, eram pessoas usando da data para falsamente cumprimentar os outros e se utilizando da data para maquiar o culto ao materialismo, enquanto outras se desfaziam das suas pequenas posses, pra não se sentir excluídas de uma festa que não foi feita pra elas!

Então, você não é cristão?

Claro que sou! Não é isso! E isso não tem nada a ver com o que estou falando!

Como não? O Natal é o nascimento de Cristo!

Sério mesmo? Você acredita nisso? Então, um Feliz Natal pra você!