Verbo Você


Há tantos egos feridos no tom
Há tantos elos rompidos além
Há tantos cegos perdidos no som
Há tantos belos sentidos também

Ver, não é enxergar!
Ouvir, não é entender!
Ser, não é estar!
Sorrir, não é conhecer!

Ter, não é possuir!
Sentir, não é pertencer!
Saber, não é conseguir!
Seguir, não é esquecer!

Ando…
precisando…
conjugar….
o verbo você!

Desatar em nós os nós.
Desvaler o que não for.
Decantar em mim tua voz.
Desater o desamor.
Desarmar o veto.
Devagar bem perto.
Acalmar a cor!

Desatar os nós a sós.
Derreter em seu sabor.
Derramar o amor em nós.
Desater o decompor.
Declinar o resto.
Declamar o verso.
Amar o Amor!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s