Um Gramofone Qualquer


Falaram-me de mídias em extinção.
Disseram-me sobre a evolução de uma tal tecnologia.
Me mostraram que já não usávamos mais aqueles artefatos.
Mais eu não entendia bem aqueles fatos.

Pediram-me que visse algo novo,
que me atentasse para aquilo que parecia mais confortável
e relativamente mais inteligente.
Ouvi falar de coisas tão pequenas com tão grande poder,
talvez até mais memória que um elefante.

Mas eu preferia as coisas simples da vida.
Andar descalço, contar meus passos, tem algo melhor
Preferia colocar meu disco favorito…
naquele gramofone antigo que tínhamos na sala da vovó.

Eu gostava mesmo era daqueles teatros de fantoche,
que assistíamos sempre,
pelo menos uma vez por dia,
no intervalo de uma lição e outra.

Pra mim era mais real o gosto dos bolinhos de chuva do que esses salgados de isopor.
Me parece que agora…
todos estão bem ocupados e muito interessados…
nessas coisas que não passam de ladras de tempo.
Olhando para uma tela multicolorida e que diz ser uma janela para um mundo fantástico,
onde ninguém pode sentir sequer um abraço de verdade.

Daqui há um tempo,
até mesmo o que conhecemos por sentimentos,
não passarão de fósseis…
inutilizáveis expostos numa vitrine qualquer.
Seremos escravos das nossas próprias ideias,
nossas próprias criações.

Não me importaria,
em dizer que ouço um som de maior qualidade gravado em uma fita K7 ou vinil,
do que nesses tais discos compactos.

Não me importaria,
em dizer que andar mais de vagar às vezes é mais prazeroso,
do que acelerar como um avião à jato.

Não me importaria,
em dizer que prefiro uma conversa pessoal,
do que uma mensagem de texto com palavras repugnantemente encurtadas e resumidas a 140 caracteres
ou quem sabe menos.

Não me importaria,
de conhecer verdadeiramente uma quantidade de amigos que se possa contar nos dedos,
do que ter um monte de “conhecidos” como hoje nós,
infelizmente achamos que temos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s