Serei o ser que te seria


Sei que não me tem
em teu bem e além da ironia
e mesmo não sou quem você queria
Sei que não me vem
em seu trem e aquém da poesia
e mesmo não sei do que você sabia

O que sei… não lhe convence de nada
foi você que chegou na hora errada
O que sei… não me influencia em nada
ela nunca esteve tão calada

Talvez por sentir medo do dia
ou mesmo não saber o que sentia
Ela chorava quando não se entendia
ela cantava quando não se continha

Cantigas antigas… que você não gostava
ou algo do tipo que não se esperava
E quando ela desafinava… mesmo assim o sol brilhava
enquanto ela descansava… o verso em ti lhe habitava
E quando não tinha mais nada… nada… nada….
ela apenas e tão somente… ah sim… aquela menina… cantava!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s